sexta-feira, 21 de agosto de 2009

MÚSICA E POESIA (6)

"Só não lavei as mãos/E é por isso que eu me sinto/Cada vez mais limpo"



Vitor Martins forma com Ivan Lins (site oficial aqui) uma parceria de 35 anos, daquelas que ganham identidade própria, tais como pão com manteiga, Pelé e Vavá, Batman e Robin, Amèlie e Portuga (rss)... Quando começaram a compor Lins já era um compositor-cantor de sucesso e prestígio, mas a partir daí suas canções ganharam um peso poético que efetivamente não tinham. Compuseram juntos mais de 300 canções e dezenas de hits imortalizados nas vozes de grandes intérpretes.

Natural de Ituverava, no interior mais caipira de São Paulo é, não obstante, poeta de versos sofisticados, ricas rimas e métrica perfeita, ainda mais considerando-se a complexidade harmônica da obra de Lins. Nos anos 90, os parceiros se tornaram sócios na gravadora Velas (link aqui) e contribuíram para lançar novos talentos como Guinga e Chico César. Curiosamente nada mais encontrei sobre a biografia do autor na internet (para uma seleção de sua obra cliquem aqui), mas ressaltam de sua lira ao menos 3 características: a) um certo conteúdo dramático, talvez ligado às inúmeras composições feitas de encomenda para as telenovelas da TV Globo; b) uma vertente folclórica e regionalista, da qual são exemplos Bandeira do Divino e Minha Ituverava; e, c) muitas canções escritas no feminino, uma arte dominada por poucos homens.

Escolhi, para ilustrar estes aspectos, os versos que seguem:

Saindo de Mim (Ivan Lins/Vitor Martins)
Você foi saindo de mim
Com palavras tão leves
De uma forma tão branda
De quem partiu alegre
Você foi saindo de mim
Com sorriso impune
Como se toda faca não tivesse
Dois gumes
Você foi saindo de mim
Devagar e pra sempre
De uma forma sincera
Definitivamente
Você foi saindo de mim
Por todos os meus poros
E ainda está saindo
Nas vezes em que choro

Velas Içadas (Ivan Lins/Vitor Martins)
Seu coração é um barco de velas içadas
Longe dos mares do tempo, das loucas marés
Seu coração é um barco de velas içadas
Sem nevoeiros, tormentas, sequer um revés
Seu coração é um barco jamais navegado
Nunca mostrou-se por dentro abrindo os porões
Seu coração é um barco que vive ancorado
Nunca arriscou-se ao vento, às grandes paixões
Nunca soltou as amarras
Nunca ficou à deriva
Nunca sofreu um naufrágio
Nunca cruzou com piratas e aventureiros
Nunca cumpriu o destino das embarcações

Da lista (sempre parcerias da dupla, exceto quando indicado): com Elis, Aos Nossos Filhos e Vinte anos Blue (Sueli Costa/ Vitor Martins). Com Nana Caymmi, Mudanca dos Ventos. Com Rosa Passos, Doce Presença. Com George Benson, Dinorah Dinorah. Com Sting, She Walks This Earth (Ivan Lins/Chico César/Vitor Martins/Brenda Russell). Com Ivan Lins e Mariana Aydar, Desesperar Jamais. Com Ivan Lins e Nana Caymmi, Bilhete. Com Ivan Lins e Djavan, Somos todos iguais nessa noite. E com Ivan Lins, A Noite, Começar de novo, Lembra de mim, Guarde nos olhos, Mãos de Afeto e Daquilo que eu sei.


.

40 comentários:

  1. Seu coração é um barco que vive ancorado
    Nunca arriscou-se ao vento, às grandes paixões
    Nunca soltou as amarras
    Nunca ficou à deriva
    Nunca sofreu um naufrágio
    Nunca cruzou com piratas e aventureiros
    Nunca cumpriu o destino das embarcações

    Quer coisa mais profunda?

    Gente do céu que amo essas canções.
    Ando tão abestadamente sensivel que encontrar elas aqui me deixou boba(cantarolando)

    afagos em si-bemol

    ResponderExcluir
  2. Ei Denise,
    é uma letra muito bonita mesmo. O meu coração já afundou diversas vezes... e o seu? rss

    ResponderExcluir
  3. Moço...

    Noite para uma tequila...rs

    Com umas músicas assim...

    Aqui coração não afunda... o rio leva tudo.. vai desaguar no meio do mar...rs

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Ivan LIns já me acompanhou em muitas noitadas de introspecção... Adoro a música dele... O jeito dele cantar!

    Thanks for this!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ei Ava,
    quais são os dias (ou noites!) melhores? Cuidado pra não falar de segunda a segunda... rss
    Xi, piorou! No meio do caminho tem uma baita cachoeira, sem falar nas hidrelétricas... rss

    Ei Anne,
    também acho que é dos mais talentosos compositores da geração dele, haja visto o fato de ser gravado por grandes músicos de projeção internacional. Mas você acabou não comentando sobre a poesia do Vitor Martins...

    ResponderExcluir
  6. ( Um aval seu, vale por 1000 !! rs )

    Uau! Que dupla do "carajo", vc nos presenteia desta vez, né amigo ?! Pena que tenho perambulado quase nada porraqui ! rs ( problemões em família, de novo ... ) Pode ??? Tem de tentar rir, prá não sucumbir !!!
    Lerei e ouvirei com muita vontade, tesão e atenção ! Ainda não vi se Vitoriosa, Começar de Novo e Bilhete, sâo dos dois, mas trago comigo, lembranças das 3 !!! ( nem tão boas assim, à época, é claro ! A exceção de Vitoriosa !! ) Falei e comentei antes de ler a sua matéria ... Lerei after !!
    Desculpe a ausência, mas já pagas até IPTU no meu core, acredite ! rs
    Helô saudosa do amigo!

    ResponderExcluir
  7. Ei Helô,
    espero que os problemas se resolvam em breve... E não há do que se desculpar, eu mesmo devo estar com algumas parcelas do IPTU atrasadas... rss

    Aguardo seu comentário de mérito e aposto que será, como sempre, sensível e divertido.

    ResponderExcluir
  8. De mérito ?? Nem precisaria ... rs
    O mérito é estar aqui, viajando com a sua "auspiciosa" seleção musical, e me enebriar com os seus sempre tão inteligentes e pra lá de sensíveis textos !! Suas escolhas são sempre incrivelmente lindas e super hiper bem escolhidas, sem falar da feliz idéia das parcerias de bastidores !
    Tenho dito!!
    Beijos tb aupiciosos pra ti!
    Belo findi e obrigada mais uma vez pelo presente aos meus ouvidos e coração !!!
    Helô Tick!
    ( lembrei algo de encouraçado, agora... Algo a ver, creio que sim !! rs)
    Mudança dos ventos com Nana, é alquimia pura !!

    ResponderExcluir
  9. Sorry rsrsrsrsrs
    Quem já não passou pelo que canta em sua poesia (1ª)???? E quem nunca teve pensou o que ele diz no 2º...

    A poesia dele tem um dizer que flui, tem o movimento das pinturas do António!!!

    Bjos e bom findi

    ResponderExcluir
  10. Se você não bota a foto eu nunca ia saber que ele era o Vitor Martins de tantos sucessos inesquecíveis. Belo post cara-pálida.

    ResponderExcluir
  11. Grande RM

    Uma bela postagem e uma seleção à altura da Rádio RM, uma das mais competentes da blogosfera brasileira e, quiçá, mundial. Me faz lembrar daquele slogan dito pelo locutor, que virou folclore, de Recife: Rádio X Y Z,"Pernambuco falando para o mundo!" (rs rs rs).
    Sobre o comentário do Chorik: também não conhecia a cara do Vítor Martins, o decente. Parece um personagem saído diretamente dos filmes do Zé do Caixão. Mas, em matéria de postar fotos de homens feios, assustadores, este venenoso ganhou o campeonato.

    Abraços,

    MR
    22/8 - 17:05

    ResponderExcluir
  12. Helô,
    agradeço os elogios, que julgo excessivos pela amizade que já nos une...
    A idéia original dessa série era a de chamar a atenção para os muitos bons letristas da mpb que, como ficou patente nesse caso, costumam ser "ilustres desconhecidos". Mas acabam sendo postagens sobre música, soberana, mesmo. E creio que tem razão no caso aludido: há certas interpretações que, de tão boas, deveriam proibir que novas se fizessem...

    Anne,
    foi brincadeira, querida; mas você se saiu muito bem... rss
    Boa comparação, o que não exclui a possibilidade, diria quase certa, do trabalho de 1% de inspiração e 99 de transpiração...

    Japa,
    e esta foi a única foto que achei dele; parece ser um sujeito muito discreto...
    Agradeço a presença.

    Decanão,
    achei que você não vinha buscar a encomenda... rss
    Fiquei impressionado: autor de dezenas de canções célebres não há um só site que faça referência à vida dele, ao contrário de todos os outros postados até agora.
    Acabaram aqui não sendo exploradas 2 características que considero importantes: a referida poesia "no feminino", tão boa quanto à, por exemplo, afamada do Chico Buarque; e também o forte engajamento político, ao que tudo indica, apartidário...
    Agora esse ai é mais feio que nós dois e mais o japa juntos... rss

    ResponderExcluir
  13. Belo post.

    E, a propósito de belas composições da dupla:

    http://www.goear.com/listen/6938e30/Lua-soberana-sergio-mendes

    - vale a pena ver e ouvir de novo...rs. Adorei este videozinho do Youtube (atente para o maestro) :-))

    http://www.youtube.com/watch?v=wLH4UkfhJz4

    ResponderExcluir
  14. E mais uma sugestão prá rádio rm... (boa pedida):-


    http://www.goear.com/listen/f0e00ba/A-noite-%28Ivan-Lins-&-Vitor-Martins%29-ivan-lins

    ResponderExcluir
  15. :) E sim sim! Fiz tudo o que você mandou! ;( (rs)

    ResponderExcluir
  16. Essa vai prá mujerada, especialmente prá mim! rs

    http://www.goear.com/listen/0f293cc/Atrevida-isabela-taviani

    ResponderExcluir
  17. Rss

    Cora:

    1) Não conhecia a música e pra falar a verdade achei bem ruinzinha... Mas o maestro é show!

    2) Sorry, nega; mas esta já está na minha lista. Deve ter sido um lapso, né?

    3) Já sei: foi passear com o Portuga na represa e pôs as duas mãozinhas sobre os olhinhos verdes...

    4) Atrevida pero amarilla... quaquaqua

    ResponderExcluir
  18. O verso que abre o post é lindo. Tão oportuno em tempos em que todos lavam as mãos e esquecem de limpar o resto.

    ResponderExcluir
  19. Ei AP,
    você foi no ponto! De fato parece ir se incrustando nas pessoas a limitação do interesse no raio restrito do próprio umbigo. Quando muito do núcleo familiar mais básico; os outros problemas sendo considerados problemas dos outros...

    Bem, modestamente eu também nunca me omiti mas, não raro, costumo achar que a única saída deve ser mesmo algum aeroporto internacional... rss

    ResponderExcluir
  20. Uia! não reparei...rs

    Dose dupla, pois. Ah, mas o Bis* é bom! Estamos em sintonia musicalmente...rs.

    E que peninha que você não gosta da composição de Lua Soberana, com referência aos orixás e outros elementos, tão presente na música brasileira. Hmmm...

    O sincretismo é o que mais me fascina e, a propósito,

    "amarela é a sabedoria, é o amor que traz compreensão.
    Que conhece, alumia..."

    Me gusta amarilla :)

    ResponderExcluir
  21. Mas "A Liberdade é Azul" (Kieslowski).

    ( e gosto é igual bunda: cada um tem a sua... rss)

    ResponderExcluir
  22. ...Um Viva às diferenças! - Cores & Gostos.

    E como o assunto é música (?), uma coisa puxa a outra...procê cantar comigo:


    "Volare, oh oh
    Cantare, oh oh oh oh
    Nel Blu dipinto di blu
    Felice di stare lassù"...
    (Domenico Modugno)

    ResponderExcluir
  23. Ué,
    afinal é espanhola ou italiana? rss

    (cuma? Pintar o pinto de azul? rss)

    ResponderExcluir
  24. Música é linguagem universal...

    *****

    (Ué! Que nem a bunda??? rs)

    ResponderExcluir
  25. Bem, doutora Cora,
    tentarei ser didático. Todo mundo tem bunda, mas nem todo mundo que tem bunda tem... (complete a frase).

    ResponderExcluir
  26. Como não, chatolino?! rs

    ResponderExcluir
  27. ...tem bandas.

    Beijunda...rs

    ResponderExcluir
  28. Uau!
    Desde mais cedo estou ouvindo estas canções e ainda não consegui comentar. Que grande achado, parceirim! Essa "She walks..." com Sting é demais! E você até descobriu a Mariana Aydar. Realmente um trabalho de mestre! Obrigada por mais este post que merece muitas voltas até conseguir apreender todo o conteúdo.

    ...mas que coração é esse, neguim mineiro?! ...que nunca ficou à deriva nem cruzou piratas e aventureiros... tadim desse coração!

    ResponderExcluir
  29. "desesperar jamais
    cutucou de baixo
    o de cima cai
    cutucou com jeito
    num levanta mais"

    ;)

    ResponderExcluir
  30. A Bandeira do Divino deveria ser o Hino Nacional.

    ResponderExcluir
  31. Cora,
    tem bandas sim... rss
    "Bunjos"!

    Parceirinha,
    agradeço muito o simpático comentário, dona japinha e aviso que farei, nos próximos dias, a postagem sobre a "Canção do Exílio"...
    Bem, nega, não é o meu caso, mas desconfio que muita gente passa a vida atracado no porto seguro...

    Barbara,
    bem vinda!
    Não sei se seria apropriado como hino nacional brasileiro (que também tem uma bela letra, apesar de um tanto rebuscada) mas é uma linda canção sobre uma das nossas mais ricas tradições folclóricas, a Folia de Reis.

    ResponderExcluir
  32. Uai...rsrs

    Abajour... Não tinha pensado nessa possibilidade...rs

    Voce, sempre alternativo...rs



    Quanto a hidroelétricas e cachoeiras...

    Obstáculos existem para serem vencidos...rsrsrs


    Vocé é fácil, caboclo...rs


    E não vale tréplica....rsrsrs


    Beijos!

    ResponderExcluir
  33. Putz, tô sofrendo censura prévia no meu próprio blog... rss

    Bem, já que você não quer a tréplica (um é pouco, dois é bom... rss) fico por aqui, amordaçado... rss

    (mas eu tenho resposta e você não falou do dia ideal pra tequila... rss)

    ResponderExcluir
  34. E é claro que eu sou fácil! Você ainda tinha dúvidas? rss

    ResponderExcluir
  35. hahahaha...

    Tequila não exige dia ideal...

    Exige estado de espírito ideal...rs


    Hoje, por exemplo, para mim é um dia ideal...rs


    Dia para que a seiva do agave, desça redondinha...rsrs


    Voce, amordaçado... Eita coisa difícil de se ver...rs


    Errata:

    "Vocé é fácil, caboclo...rs"

    leia:

    Você não é fácil não,
    cabloco...srs

    ResponderExcluir
  36. ...e num acabei de dizer lá no Verbo que você não perde o foco nuuunca!
    aguardo o post que não li e já gostei.

    ResponderExcluir
  37. Rsss... Amèlie e Portuga... Você é mesmo um ser inspirado!

    Qual é o segredo, hein?..

    ResponderExcluir
  38. Ava,
    ué, sou fácil ou não sou?
    Tá bem, confesso: não tinha resposta nada... rss
    Mas e o charuto? Heim, heim? rss

    Parceirinha,
    pior sou eu que não escrevi e gostei! rss

    Portuga,
    o segredo? Ah, you know, you know... rss

    ResponderExcluir
  39. rsrsr...


    Não vale trapacear...rs


    O charuto é companheiro inseparável da tequila...rs


    Decididamente, voce não é fácil...

    rsrs

    ResponderExcluir