quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

"Nunca antes nesse país..."

Em que pesem alguns resultados dignos de registro, a chamada "Era Lula" tem se caracterizado muito mais pela fantasiosa versão dos fatos; pelo exagero quase caricatural dos relativos êxitos; pelo fake, truque, embuste e falsificação... Algo que, em princípio, poderia ser considerado uma qualidade ou uma vantagem acaba adquirindo ares de coisa falsificada, de importado made in Paraguai. Agora, com a proximidade do período eleitoral, parece que esta norma será levada ao paroxismo, em suposto favor da candidata oficial.

É com a intenção de, modestamente, denunciar estas patranhas eleitorais, que inicio a presente série e, creio, não faltará material para atualizá-la até a data das eleições... Começo com uma curiosa manchete de carnaval, reproduzida em diversos jornais brasileiros e no site do PT (link aqui), no último dia 11/02, a partir de um release da agência Estado: "Brasil teve período de maior expansão econômica no governo Lula."

Será que, afinal, "nunca antes na história desse país?" Vejamos como a matéria é apresentada ao (incauto) leitor: "O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva registrou o período de maior expansão econômica do país, que durou cinco anos e um mês, de junho de 2003 a julho de 2008."  Ora, ora; não é o período de maior expansão mas o maior período de expansão - e a ordem dos fatores muda, nesse caso, completamente o produto... Óbvio: a taxa média de crescimento da economia no período Lula mal passou dos 3% aa, enquanto esteve na casa dos 7% nos anos iniciais da década de 70 e perto dos 10% na segunda metade dos anos 50. É um resultado pior até mesmo do que alguns anos da década de 80, a chamada "década perdida"... Já a seqüência mensal de índices positivos de crescimento sim; é a maior dos últimos 30 anos e esta, que deveria ser a "vantagem" ressaltada, acaba ofuscada pela manchete mal redigida. Mas será que os redatores da "notícia" apenas tem dificuldades com a língua pátria ou queriam, de fato, distorcer seu entendimento? E os veículos que a reproduziram? Será que, inocentemente, acreditaram na lisura da fonte ou, como se diz na gíria, rolou algum "jabá"?

Vamos adiante: o tal "maior período de expansão" é algo do qual deveriam se orgulhar os defensores do lulopetismo e marcar certo diferencial em relação a outros governos? Bem, nada do que está na matéria nos permite responder a essas questões e, outrossim, obriga a aprofundar na sua origem. Que vem a ser a datação de ciclos econômicos brasileiros por uma comissão ligada à Fundação Getúlio Vargas, recentemente formada e que publicou seu primeiro estudo (cujos resultados são basicamente o que foi "requentado" às vésperas do carnaval) em maio de 2009 (íntegra do relatório aqui).  Conclui a comissão que, a partir de 1980, "a economia brasileira passou por sete ciclos de negócios completos, com duração média de 13,5 trimestres entre vales e vales e de 15,9 trimestres entre picos e picos. A duração média das expansões foi de 10,4 trimestres e das recessões de 5,4 trimestres." O governo FHC foi testemunha de 3 desses ciclos, motivados, basicamente, por fatores externos. Nenhum deles coincidiu com o governo Lula, afetado, por crise de mesma origem, em período posterior ao estudado. 

Bem,  o curioso é que igualam-se em 21 trimestres os períodos de expansão econômica nos 2 governos (intercalados no caso de FHC), totalizando, respectivamente, cerca de 20% e 29,9%. As 3 recessões do período FHC duraram 3,3 trimestres, em média; enquanto a recessão ano passado esgotou-se em 2 trimestres. Ou seja, apesar de uma leve melhoria dos indicadores não há nada que aponte para uma ruptura, nos termos da manjada "nunca antes nesse país"... Ao contrário, até nos ciclos de negócios são similares os desempenhos (medíocres) de FHC e Lula.
.

35 comentários:

  1. Dê um teclado a um intelectualóide de esquerda e isso é que sai ehehehehe

    ResponderExcluir
  2. Mais uma vez demonstras a importância do saber ler...

    Beijão
    Anne

    ResponderExcluir
  3. Grande (carecão) Rayol,
    mas o pior é que essas bestas acham que todo mundo é imbecil, como eles...

    Anne,
    sobretudo saber qual jornal ler...

    ResponderExcluir
  4. Caboclo,

    O Brasil nunca esteve tão bem como agora. Deixa de falar mal do Lula, Lula é legal.

    E mais: se vocês não elegerem um presidente que beba tanta cachaça como ele, vai tudo por água abaixo: afinal, a História do Brasil é beber, cair, levantar, nénão?

    http://www.youtube.com/watch?v=GvxzEKoI3_Q

    ResponderExcluir
  5. Ué, Portuga,
    parece que você é que andou tomando umas branquinhas aí na terra do vinho: não falei mal de Lula, mas do "lulopetismo", prática mistificadora com óbvios objetivos eleitorais.

    Mas também não tenho qualquer problema em falar mal do Lula. Duvida? rss

    ResponderExcluir
  6. Caboclo,

    Em virtude do clima de insatisfação geral, tem aí um cara bom e so fucking special para a campanha eleitoral da mudança política:

    http://vimeo.com/8132302

    Rsss...

    ResponderExcluir
  7. Amigo mio!!
    Saudades da civilização!!...
    Pena que a banda larga "porraqui" dura em torno de 3 segundos, donde se conclui que não conseguirei chegar ao final das suas sempre tão bem colocadas e fantásticas explanações!! rs ( Mas deu tempo de elogiar... uau!! Bom né?! )
    Achei muito boa a idéia de colocar em discussão algumas das "patranhas lulopetistas" ( dorei!) até as eleições...
    Haja "estômbago", mas nóis guenta!! rs
    Na vorta darei pitacos !!rs
    Me aguardem, please!!
    Beijinhos indo à pé!! rs

    Helô

    P.s. Lamentei muito a troca da foto... Sniff sniff!!

    ResponderExcluir
  8. Beber, cair e levantar é o que nos resta!!!!! MAS eu prefiro este:

    http://www.youtube.com/watch?v=tu7yF-BpMLY

    Bom dia a todos :-)
    Anne

    ResponderExcluir
  9. Ué Portuga,
    deixou crescer a barba? rss

    Hellô,
    mas que "banda", heim menina? rss
    Aguardo seus sempre divertidos comentários...

    Anne,
    bom dia!
    Portuga, vê se aprende: "Cachaça vem do alambique e água vem do ribeirão (preto)"... rss

    ResponderExcluir
  10. Rsss...

    De Ribeirão Preto lembro, sobretudo, os martinis estupidamente gelados. E guri, aquilo é que era coisa boa para alambicar:

    Coisa boa demais pró teu bico, tu nem gosta!

    ResponderExcluir
  11. Ah, rm...patranhas podem ser historinhas de faz de conta com final feliz...e aí, peta petou...rs

    ResponderExcluir
  12. Portuga,
    de alambicar? Ora, claro que gosto... rss

    Cora,
    sim, querida. Você também acredita em Papai Noel? E em gnomos? rss

    ResponderExcluir
  13. Ora, ora... você e suas questiúnculas renitentes...rs. E você, acredita em fadas fodinhas?

    ResponderExcluir
  14. Ô! E como... Quer dizer... ah, deixa pra lá! rss

    ResponderExcluir
  15. É procê a pergunta da Cora, caboclo.

    ResponderExcluir
  16. Já respondi, Portuga! Parece que bebeu mesmo, heim? rss

    ResponderExcluir
  17. Caboclo,

    Foi muito bem respondido; vê-se que se pode confiar em você, apesar do seu quadrante político.

    ResponderExcluir
  18. Muito obrigado, caboclo! E enfim um comentário sóbrio... rss

    ResponderExcluir
  19. Ahahahaha...you know...men.

    Algumas curiosidades, curiosa aqui:

    - quem "descobre" esses vídeos pro ph?

    - o ricardo rayol é mau como parece?

    - e tu, tatu, afinal, tá de que lado?

    ResponderExcluir
  20. Respondendo:

    1) Acho que ele deve ter uma (ou mais) assistente(s)...

    2) Nada; é por causa da carecona...

    3) Bem, posso ficar à esquerda ou à direita. Também por cima (e por baixo). Atrás? Ah, you know...

    ResponderExcluir
  21. um vídeo... pra ilustrar a situação toda: (rs)


    http://www.youtube.com/watch?v=7mQ88VTUSqg

    ResponderExcluir
  22. Foi bem mandado, Cora. Rsss... O caboclo tem mesmo o rabo preso, atrás... "you know"... Rsss...

    ResponderExcluir
  23. Cora,
    que situação? Eu heim; Portuga mandou uma garrafa de branquinha pra você também? rss

    Portuga,
    não sei o que você quer dizer com isto, mas suponho que ter o rabo preso deve ser melhor que tê-lo solto, hã? rss

    ResponderExcluir
  24. Não senhor. É pior. Ter o rabo preso é o mesmo que tê-lo entalado, comprometido.

    E eu sou livre e adoro a liberdade.

    ResponderExcluir
  25. Ah, tá bom... Então libere o seu rabo. O meu não!


    rss

    ResponderExcluir
  26. Rss... ara, zecas!

    eu me refiro à situação política! ... não creem? rs

    ResponderExcluir
  27. Rss

    Já sei: "alguém" liberou o rabo para um político. Quem sabe, o Lula!

    ResponderExcluir
  28. rs... aiai...rm,

    será que a gente fala mais besteira que a Dilminha?...rs


    http://www.youtube.com/watch?v=cEMxWG_yWGw


    http://www.youtube.com/watch?v=_9yMAnh2FEM&feature=player_embedded


    "ato falho"? :p ... meda!

    ResponderExcluir
  29. ...e por falar em rabo preso, Tutty Vasquez publicou ontem em sua coluna no Estadão:
    "Com o fim do horário de verão José Roberto Arruda vai ficar uma hora a mais na cadeia nesta semana.
    Pense nisso quando atrasar seu relógio à meia noite de sábado."
    :)))

    ResponderExcluir
  30. Cora,
    não entendi o segundo vídeo. Falha sua? rss

    Udi,
    mas Lula também vai passar uma hora a mais na Presidência... rss

    ResponderExcluir
  31. Rs... eu também não entendi o segundo vídeo... discurso confuso, não?

    ResponderExcluir
  32. Ah sim! Falha nossa então... rss

    ResponderExcluir
  33. Putz! Se organizem brazucas!...

    Não se netendem direito num chalé, e ainda falam mal do governo....

    Eu, hein?

    ResponderExcluir
  34. Portuga!

    Eu também não tô te "netendendoam"

    ResponderExcluir
  35. Peraí, Portuga: "netender" nun chalé pode ser interpretado como algo extremamente compro-metedor... rss

    ResponderExcluir