sábado, 28 de fevereiro de 2009

"A Day in the Life"

Para uma moça super simpática, que adora rock e guitarras...

O solista é Jeff Beck, um dos 3 lendários guitarristas do lendário Yardbirds. A contrabaixista, bonita e virtuosa, é uma menina australiana de apenas 22 anos, chamada Tal Wilkenfeld. A música é a emocionante "A Day in the Life" de Lennon.


24 comentários:

  1. Nem tão moça, nem tão simpática, à parte o que não me toca, o som é du carai...rs =P

    ResponderExcluir
  2. Ei Cora,
    fico feliz que tenha gostado. Esta área, de rock, não é muito a minha especialidade, mas gosto de muita coisa here, there and everywere...


    (mas como é que você sabe, ou imagina saber, que ela não é tão moça nem tão simpática?)

    ResponderExcluir
  3. rm,

    música do lennon... belíssima na guitarra dessa moça!

    bom dia!!

    ResponderExcluir
  4. "Now they know how many holes it takes to fill the Albert Hall"

    ei moço, não é só a moça simpática que gosta de rock
    ...gostei também!
    :)

    ResponderExcluir
  5. Teresa,
    na verdade o copyright é de Lennon e McCartney, mas qualquer beatlemaníaco sabe que o tema principal e a letra são de Lennon.
    A moça toca contrabaixo elétrico, mas pode ser considerada guitarrista, pelas belas frases que produz...
    Boa tarde!

    Udi,
    que bom. E considere-se atendida pelos adjetivos...

    ResponderExcluir
  6. Érre... me deixou sem-graça e isso não deveria acontecer com alguém que tanto se esforça e medita prá se desapegar do ego.

    (viu? aos poucos vou te contando da minha vivência meditativa)

    ResponderExcluir
  7. RM!
    (quem disse isso? rs) sei de nada, não.

    ResponderExcluir
  8. Udi,
    sem-graça porque também a considero uma moça muito simpática? Caraca, isto aqui tá parecendo a Inglaterra vitoriana... rss

    Cora,
    mais alguém tentando se fazer passar por você? Será o portuga? rss

    ResponderExcluir
  9. ué, não era a França às vésperas da queda da Bastilha?!

    ai ErreEme! Cê me entendeu, né?

    ResponderExcluir
  10. ...viu só? nem tão simpática assim. Moça então... risos! ...muitos!
    ;)

    ResponderExcluir
  11. Não, Udi.
    Entendi não! Até supus que eu é que não tivesse feito me entender. Repito: sinta-se atingida pelos adjetivos.

    E a Antonieta, pelo que consta, tava com tudo em cima, não? rss

    ResponderExcluir
  12. Robespierre!

    A Maria Antonietinha? tudo em cima? antes ou depois de perder a cabeça?? rs

    ResponderExcluir
  13. Duvida, Cora?

    Olha aí:
    http://www.educar.org/cine/MariaAntonieta/MariaAntonietaVigeeLebrun.jpg

    Meio branquela, mas acho que ainda dava um bom caldo... rss

    ResponderExcluir
  14. A Antonieta, chef Nicolau? rss

    ResponderExcluir
  15. Olá!Dizer que adorei seu blogue é pouco.ADOREI!È um dos mais inteligentes que tenho visto.,e além disso toda polêmica elegante e bem escrita é muito bem vinda.Bravo!!abraço do James(minha literatura agora)

    ResponderExcluir
  16. rm, sempre mto bom estar aqui...


    udi e rm: de novo!! vcs fazem uma dobradinha incrível!!

    ResponderExcluir
  17. Udi,
    thanks! Outro!
    ass: πr

    James,
    bem vindo! Agradeço o simpático comentário.

    Teresa,
    eu que agradeço sua presença.
    Essa Udi é da pá virada, não? rss

    ResponderExcluir
  18. é sempre uma delícia passar por aqui!
    a postagem acaba se tornando só um pretexto pro deleite da sinergia.

    ...e você conseguiu um 3,14!

    ResponderExcluir
  19. Caracas! Fazia século que não via Jeff Beck! Como esses caras conseguem, depois de tanto ácido, tocar um instrumento?

    ResponderExcluir
  20. Ô japa,
    tinha visto esse seu comentário, não!

    Não só conseguem, como continuam tocando pra caraca! Vai ver são departamentos diferentes, não?

    ResponderExcluir